Como oferecer plano de saúde sem pesar para sua empresa

O valor investido em plano de saúde por funcionário mais que dobrou nos últimos cinco anos. Enquanto isso, o benefício é o segundo ponto mais valorizado pelos candidatos a vagas, ficando atrás apenas do salário. A assistência médica pode representar 25% do custo com pessoal na empresa. Além disso, a saúde é o segundo maior peso na folha de pagamento e sua curva de preços cresce, no mínimo, duas a três vezes a inflação.

Para fechar essa conta, como oferecer o plano de saúde em sua empresa, sem ter gastos excessivos? A SegCom te orienta para não errar na sua negociação com a operadora do convênio.

Além de pontos como cobertura nacional ou regional, entre as melhores opções para redução dos custos ao seu negócio estão: a coparticipação e o compartilhamento do valor.

Sem excessos – Na coparticipação, além do valor mensal fixo pago pelo empregador, o usuário é cobrado à parte sempre que faz um procedimento, como consultas e exames. Com isso, espera-se mensalidades mais baixas e maior conscientização da sua equipe no uso do benefício.

Investimento compartilhado –Outra alternativa é o compartilhamento da mensalidade nos planos sem coparticipação. Hoje o subsídio médio das empresas está em torno de 80%, com o restante investido pelo funcionário. No ano passado, 43% das empresas adotaram a divisão do valor mensal.

De forma geral, são investimentos com retorno a longo prazo, como redução de rotatividade de equipe e de absenteísmo. A escolha de um plano de acordo com a realidade do seu negócio, somada a um trabalho de conscientização dos funcionários sobre práticas de qualidade de vida serão sempre a melhor ordem para os fatores que garantem o seu resultado.

blogsegcom

Sobre blogsegcom

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: